COMERCIÁRIOS

 

Advogamos em face de grandes empresas de comércio varejistas no reconhecimento dos direitos de vendedores e comerciários.

Dentro da lógica exploratória, muitas empresas deixam de conferir aos seus empregados diretos básicos como:

    • Acúmulo de funções.
    • Tratamento desigual entre funcionários.
    • Respeito a exigências da convenção coletiva.
    • Rescisões pagas de forma incorreta ou com atraso.
    • Obrigatoriedade de trabalho em fins de semana e feriados sem descanso.
    • Integração de comissões no salário e seus reflexos (FGTS, Férias, 13º e Aviso Prévio).
    • Pagamento correto de horas extras, intervalos de almoço e seus respectivos adicionais.
    • Assédio Moral no ambiente de trabalho como chefes grosseiros, trabalhos humilhantes e jornadas abusivas.
    • Afastamento por doença sem a contrapartida salarial e sem recebimento de benefício (limbo jurídico previdenciário.
    • Desvio de função (vendedores que são obrigados a efetuar limpeza, transporte de mercadorias e outras atividades não previstas no contrato de trabalho).
    • Outras violações.

Caso necessite de auxílio jurídico para quaisquer hipóteses acima ou possua outras dúvidas, não hesite em vir tomar um café conosco.

ENTRE EM CONTATO